A governamentalização de “almas” católicas: Igreja e educação no século XIX

Carlos Manoel Pimenta Pires

Resumo

Neste artigo, analisaremos encíclicas papais de dois pontificados da centúria de 1800, propondo-nos demonstrar como que,dentreas várias práticas existentes do catolicismo, aquepriorizou a escolarização de base missionária, apostólica e disciplinadora do corpo de religiosos – e, posteriormente, dos fiéis – foi a preponderante, assumindo opapelde regeneradora da igreja e deprincipalformadeexercíciodopodereclesial sobresuaspopulações na contemporaneidade. Não se trataria de demonstrar a transição automática de uma forma de poder a outra, mas de identificar suas possíveis gêneses e apontar as transformações ocorridas no fortalecimento de uma teologia de características cada vez mais pedagógicas e num enquadramento institucional de que assumia um viés pastoral e ascético.

Palavras-chave

História da Educação; Educação Católica; Michel Foucault

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.