Usos da história na formação de pessoas: as experiências do Marquês de Condorcet (1743-1794) e de Immanuel Kant (1724-1804)

Itamar Freitas

Resumo

Este artigo examina a posição de dois pensadores da ilustração – Immnuel Kant (1724/1804) e Marie Jean Antoine Nicolas de Caritat (1743/1794) – e se propõe a responder à seguinte questão: se não se nasce pessoa, torna-se pessoa, qual o lugar da história na formação dos humanos no período anterior à referida autonomização da disciplina escolar? Aqui, são examinados os textos, produzidos entre 1791 e 1803, que anunciam as visões de homem, vida, filosofia da história, história empírica e educação humana com o objetivo de discutir a presença da história como saber ensinável no século XVIII, contribuindo, assim, para o conhecimento dos usos da história na formação de pessoas numa perspectiva de longa duração.

 

Palavras-chave: , ensino de história, Condorcet, Kant, século XVIII.

 

Palavras-chave

Usos da história; Ensino de história; Condorcet; Kant; Século XVIII

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.