A escola de Pretextato dos Passos e Silva: questões a respeito das práticas de escolarização no mundo escravista

Adriana Maria Paulo da Silva

Resumo

O presente trabalho procura discutir a utilização de discursos estereotipados a respeito da trajetória histórica da população afro-descendente no país – em geral, considerada vítima do tráfico intercontinental e da escravidão –, partindo do pressuposto de que, para a primeira metade do século XIX e antes, faz-se necessário considerar a enorme presença de escravistas não-brancos atuando na sociedade brasileira e legitimando, por conseguinte, a própria instituição da escravidão. 

 

Palavras-chave

História da Escravidão; História da Educação; Racismo; História do Brasil; Império do Brasil

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.